Às 16.30 no Pavilhão Paz e Amizade. A Área Metropolitana de Lisboa, os Presidentes das Câmaras Municipais da Amadora, Lisboa, Loures, Oeiras, Sesimbra, Sintra e Vila Franca de Xira, a Directora da Escola de Música do Conservatório Nacional e o Presidente da Associação das Orquestras Sinfónicas Juvenis Sistema Portugal, CONVIDAM!  
http://ticketline.sapo.pt/evento/EMPIRE-STATE-YOUTH-ORCHESTRA-13946 No dia 7 de julho, uma das principais orquestras juvenis norte-americanas, a aclamada Empire State Youth Orchestra de Nova Iorque e da zona oeste de Nova Inglaterra vai dar um concerto na Aula Magna, em Lisboa. Sendo uma das mais importantes organizações musicais para a juventude nos Estados Unidos, a orquestra é dirigida pela maestrina e educadora Helen Cha-Pyo, oriunda de Seul.  No intuito de impulsionar a atividade musical de jovens, convidou para participar no concerto a Orquestra Geração. O programa da Orquestra Geração, dirigido pelo maestro Juan Carlos Maggiorani, apresentará música de Georges Bizet e Tito Paris. Em contraste, o programa da Empire State Youth Orchestra incluirá "Free Radicals", uma nova obra comissionada ao jovem compositor americano Clint Needham e também obras bem conhecidas dos consagrados americanos Copland e Gershwin e o mexicano, Arturo Márquez, além de música dos compositores portugueses Luís de Freitas Branco e Joly Braga Santos.  O concerto, terá início às 21h30. Salienta-se que, num gesto de solidaridade, os fundos angariados revertem a favor da Orquestra Geração.      
A Associação das Orquestras Sinfónicas Juvenis Sistema Portugal (AOSJSP)  foi convidada para fazer parte da direcção do Sistema Europa, a Associação que reagrupa todos os projectos europeus que seguem a metodologia do El Sistema e que está espalhada por todo o continente. O nosso director Juan Maggiorani (na foto com o maestro Gustavo Dudamel durante a ultima assembleia geral em Viena) será o representante da OG na direcção, elemento de grande experiência sobretudo nos assuntos relacionados com o trabalho de orquestra e desenvolvimento da qualidade das mesmas. O Sistema Europa trabalha essencialmente na realização de cursos de formação para formadores, criação de agrupamentos orquestrais transnacionais, e constitui igualmente um campo de troca de experiências pedagógicas proporcionando a possibilidade de uma rotação de professores entre os diversos Países. Ficou agendada para 2017 a primeira Assembleia Geral do Sistema Europa  a ser realizada  em Lisboa.